terça-feira, 14 de julho de 2009

Homeopatia cura para todos os males


STRAMONIUM

NOME POPULAR: erva-do-cão, erva-do-bruxo, estramônio
NOME CIENTÍFICO: Datura stramonium
FAMÍLIA: Solanáceas
CARACTERÍSTICAS: planta herbácea com caule cilíndrico, pubescente na parte superior e muito ramificado. Folhas grandes, ovais, acuminadas, sinuoso-denteadas e alternas. Flores brancas ou violáceas, grandes, solitárias e tubulares. Fruto capsula ovóide, espinhoso e muito tóxico. Na antigüidade houve grande movimentação em torno da planta como sendo a erva-dos-mágicos (ou dos bruxos), com poderes para trabalhos de magia, porém não haveria tanta panacéia se não fosse altamente medicinal e com alto grau de toxicidade.
ESPECIFICAÇÃO FLORAL:
· Para quando há arrependimento das faltas, ou mesmo dúvida dos próprios erros, e havendo, ainda, descompensação do corpo energético com o peso da fala cortante e do pensamento culposo;
· Para distúrbios ou rejeição dos órgãos femininos e conflito em relação à energia da criação e da procriação nas mulheres, gerando a TPM;
· Para combater a deformação da visão física;
· Tendência a permanecer em um estágio pré-púrbere, incapacitando a identificação com a maturidade sexual;
· Para pessoas pálidas, esgotadas, com fraca resposta imunológica e sensação de peso no corpo;
· Tendência a parasitas e infecções, especialmente quando acompanhada por um medo nervoso;
· Para tensão excessiva no maxilar e na boca, sintomas de articulação têmporo-mandibular, ranger de dentes, perturbação das funções metabólicas;
· Tendência à fraqueza e à fadiga, dores de cabeça e especialmente problemas nervosos derivados de idéias obsessivas;
· Para quando há auto-acusação, sentimento de culpa e tensão emocional excessiva;
· Para quando estabelece-se sofrimento emocional após um choque ou trauma;
· Àqueles que por motivos de doenças ou tragédias mantêm o sentimento de ter sido abandonado, até por Deus.

http://www.biossintese.psc.br/txtcongress2000/DilmadeCarvalho.doc
IMPORTANTE
Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios.
As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.

Um comentário:

Danilo Bence disse...

Excelente matéria, qual a receita para todas essas maravilhas se realizarem? Qual parte da planta devo usar e qual quantidade?